<%@LANGUAGE="JAVASCRIPT" CODEPAGE="1252"%> AOMS
Mapa do Site:
Colaboradores
 
 

Palmeira-indaiá (Attalea dubia)


Palmeira da família Arecáceas que é de rápido crescimento. Seu gênero, faz homenagem para o antigo rei oriental Attalus II, que se interessava por plantas medicinais. De diâmetro de espique similar às palmeiras comuns, entretanto não é alta, chegando a 8 m de altura. Produz anualmente grande quantidade de frutos, que como amêndoas, são comestíveis e também consumidos por várias espécies animais. Frutifica de junho a novembro. Colhe-se frutos diretamente da árvore, quando começarem a queda espontânea, ou junta-se do solo. O fruto todo pode ser semeado, alem da semente sozinha onde emerge entre 4 e 6 meses. Os animais que se alimentam de seus frutos, dos quais são pequenos mamíferos e aves são muito importantes na dispersão da indaiá, assim como de outras espécies de palmeiras. Ambos dependem um do outro. A palmeira-indaiá pode formar agrupamentos em ambiente favorável, mas é rara no interior da floresta primária. Ocorre em floresta pluvial da encosta atlântica. Presente do RJ até SC.
Também conhecido por indaiá-guaçu.

Parceiros

Ensino Superior na Fatec Internacional.
Promoção Imperdivel

 
Blog's
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Direitos reservados a AOMS.©