<%@LANGUAGE="JAVASCRIPT" CODEPAGE="1252"%> AOMS
Mapa do Site:
Colaboradores
 
 

Teiú-cinza (Tupinambis teguixin)

Os lagartos são répteis da ordem dos Escamados e subordem dos Lacertílios com inúmeras espécies pelas áreas tropicais e desérticas do mundo. A família que incluem os maiores lagartos do Brasil são dos Teídeos. Com 31 espécies, só algumas podem serem consideradas como grandes, onde a grande maioria são de lagartixas selvagens conhecidas por calangos. Um deles é o teiú-cinza, que é o maior deles. Sua coloração tem predominância do cinza, com várias listras dorsais em cor preta. Em fase de crescimento possuem tons de verde. Pode chegar a quase 3 m onde a cauda é quase 2/3 do total. Machos maiores que as fêmeas. Possuem pequenos e afiados dentes. Se alimenta de várias matérias animal e vegetal, não desdenhando ovos, filhotes de pássaros, insetos, cobras, anfíbios, lobeiras, etc... Em fazendas penetra em pomares, preda pintinhos e ovos. Prolífero, reproduz botando de 13 à 29 ovos. No inverno e outras épocas de frio, hiberna por vários meses, geralmente com vários indivíduos em grandes ocos no subsolo ou em barrancos. Seu período de maior atividade é no verão, onde é comum vermos nas horas mais quentes do dia à procura de alimentos onde usa também sua língua comprida e bífida. Como os de sua ordem que incluem também as cobras, seu olfato é feito por um órgão no céu da boca denominado órgão de Jacobson de onde sua língua pega no ar o cheiro e o leva a este órgão para então identificar o odor. Terrícola, não sobe em árvores como a iguana mas sabe nadar muito bem. Sempre foge de quaisquer ameaças mas quando encurralado se apóia no solo com as patas e até com o focinho e faz de sua cauda um chicote, girando e batendo para todos os lados e colocando em fuga até cães de caça. Tem inimigos em espécies de canídeos, felídeos e até mustelídeos onde filhotes contam com mais ameaças destacando cobras e aves de rapina. Em tais ocasiões, fica imóvel tentando camuflar-se ou passar desapercebido. Por serem comuns, os teiús não estão ameaçados de extinção, podendo serem encontrados na maior parte da América do Sul, destacando áreas abertas. Vive nas Guianas, passando pelo Brasil (exceto Amazônia) até Uruguai e Argentina. A Estação Ecológica do Xitué - SP é uma das muitas áreas onde pode ser encontrado o teiú-cinza. As espécies também são conhecidas por teju e tiú.

Os teiús do gênero Tupinambis no Brasil são:
teiú-cinza (Tupinambis teguixin)
teiú-vermelho (Tupinambis rufescens)
teiú-amarelo (Tupinambis duseni)
teiú-preto-e-branco (Tupinambis merianae)
teiú-quatro-listras (Tupinambis quadrilineatus)
teiú-pantaneiro (Tupinambis palustris)
teiú-de-linha-longa (Tupinambis longilineus)

Fotos

Parceiros

Ensino Superior na Fatec Internacional.
Promoção Imperdivel

 
Blog's
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Direitos reservados a AOMS.©