<%@LANGUAGE="JAVASCRIPT" CODEPAGE="1252"%> AOMS
Mapa do Site:
Colaboradores
 
 

Tabebuia dura

Família: Bignoniaceae

Nomes populares: ipê-branco-do-brejo, ipê-branco-do-cerrado

Características: Altura de 4-7 m, com 15-25 cm de diâmetro. Folhas compostas 4-5 folioladas; folíolos coriáceos, glabros, de 10-16cm de comprimento por 4-8 cm de largura.

Ocorrência: São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, em terrenos brejosos do cerrado.

Utilidade: A madeira é empregada apenas para caixotaria e para confecção de brinquedos e artefatos leves. A árvore apresenta características ornamentais que a recomendam para o paisagismo. Pelo pequeno porte pode ser utilizada na arborização de ruas estreitas e sob redes elétricas.

Como planta pioneira adaptada à terrenos brejosos, é ótima para plantios mistos destinados à recomposição de áreas degradadas de preservação permanente localizadas em beira de rios e várzeas inundáveis.


Fenologia: Floresce duas vezes por ano, nos meses de julho-setembro e fevereiro-abril. Os frutos amadurecem em setembro-novembro e março-maio.

Obtenção de sementes: Colher os frutos diretamente da árvore quando iniciarem a abertura espontânea. Em seguida deixá-los ao sol para completarem a abertura e liberação das sementes. Um quilograma contém aproximadamente 42.000 sementes. Sua viabilidade em armazenamento é muito curta, não ultrapassando 60 dias.

Produção de mudas: As sementes devem ser postas para germinar logo que colhidas, em canteiros ou embalagens individuais contendo solo argiloso rico em matéria orgânica. Cobrir apenas levemente as sementes com substrato peneirado, mantendo-as em ambiente semi-sombreado. A emergência ocorre em 6-12 dias e, a germinação geralmente é abundante. O desenvolvimento das mudas é rápido, ficando prontas para o plantio no local definitivo em 4-5 meses.

O desenvolvimento das plantas no campo é, contudo, mais lento, raramente ultrapassando 2,5 m aos 2 anos.

Parceiros

Ensino Superior na Fatec Internacional.
Promoção Imperdivel

 
Blog's
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Direitos reservados a AOMS.©